quinta-feira, 25 de agosto de 2011

NOTÍCIAS CRISTÃS | Professor é suspenso por dizer que homossexualismo é pecado em seu Facebook


Conselho de Liberdade está representando educador e exigindo seus direitos da Primeira Emenda
Um professor da Mount Dora High School, na Flórida, EUA,  foi proibido de dar aula devido a um comentário que ele fez em sua página pessoal do Facebook.
No comentário Jerry Buell expressou sua desaprovação da legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo em Nova York. O educador da Flórida afirmou que a homossexualidade é pecado.
Funcionários da escola receberam uma queixa sobre o comentário de Buell, vinda de alguém que nunca nem mesmo foi da classe do professor. O Distrito Escolar do Condado Lake respondeu, então, tirando seus privilégios de ensino e o designando a funções administrativas.
O Conselho de Liberdade está representando Buell e exigindo que ele seja reintegrado imediatamente com um pedido de desculpas pela violação dos seus direitos da Primeira Emenda. Buell foi professor por mais de 22 anos, serviu com alta cadeira no Departamento de Estudos Sociais da Escola Mount Dora e ensinou as disciplinas de História dos EUA e História do Governo americano.
O grupo argumenta ainda que a resposta do distrito escolar sobre os comentários de Buell é inconstitucional. Grupos que estão empurrando "o casamento entre pessoas do mesmo sexo" e "igualdade no casamento" estão reivindicando qualquer discurso que é contrário ao seu ponto de vista e já o considera como "discurso de ódio". Esse  grupo é que deve ser censurado, apontam.
"Professores de escolas públicas não são órfãos constitucionais. Eles, como todos os americanos, desfrutam da liberdade de participar das discussões sobre assuntos de interesse público", diz Harry Mihet, Conselheiro sênior do Conselho de Liberdade.
"O Mr. Buell está sendo investigado e punido por comunicar sua objeção ao casamento homossexual, uma objeção compartilhada por uma grande maioria de seus colegas da Flórida, que proibiu o casamento homossexual por meio de uma emenda constitucional”, explica.
"Se a Primeira Emenda não protege o direito do Sr. Buell a expressar sua opinião pessoal, no seu tempo pessoal, a partir de seu computador pessoal, em sua página pessoal do Facebook, então, a Primeira Emenda não significa nada."
Na próxima quinta-feira (25), o Conselho de Liberdade será o anfitrião do evento “Acorda Florida!” na Primeira Igreja Batista de Leesburg, onde Buell congrega. Este evento reunirá o apoio dos indivíduos da Flórida para se posicionarem na luta por seus direitos constitucionais. O objetivo é motivar, educar e equipar o povo para restaurarem os valores da nação, como os fundadores locais inicialmente previram.

Fonte: Notícias Cristãs com informações da Charisma via CPAD News

1 comentários:

*Patricia* disse...

é um absurdo não podemos mais falar a verdade já já vão tacar fogo nas bíblias como no tempo da inquisição